Reabilitação do Sorriso


Reabilitação do Sorriso

Quando falamos em reabilitação do sorriso, na maioria das vezes as pessoas imaginam que estamos falando apenas em recuperar, corrigir ou recolocar os dentes. Reabilitar o sorriso de um paciente vai muito além de apenas recolocar dentes perdidos ou reposicionar dentes desalinhados, ou mesmo colocar implantes em lugares onde houve perda de dentes. Para reabilitar um paciente é preciso entender as funções básicas que as estruturas anatômicas desempenham. Reabilitar um sorriso requer devolver ao paciente a função da mastigação, da fonação, da deglutição (engolir os alimentos) e da estética. Estabelecer um novo sorriso, às vezes, é bem mais complicado do que parece. Existem reabilitações em que são necessários implantes (carga imediata ou convencional), tipos diferentes de próteses (total, parcial, sobre implantes, coroas individuais), restaurações, ortodontia. A Odontologia oferece uma gama muito grande de ferramentas e de materiais e cabe ao profissional a sabedoria na escolha da melhor solução.

ATM – Articulação Temporomandibular

A ATM ou Articulação Temporomandibular é a articulação que liga a mandíbula ao osso temporal. Essa articulação nos permite abrir e fechar a boca, além de fazer movimentos de lateralidade mandibular. Quem realiza esses movimentos são os músculos mastigatórios, mas sem as articulações esses movimentos não seriam possíveis. Quando uma articulação apresenta dor, dificuldade em realizar alguns movimentos ou mesmo apresenta ruídos (estalos, crepitações, etc) é sinal que as ATMs não estão funcionando direito. Podemos estar frente a um quadro de Disfunção Temporomandibular. As causas das Disfunções Temporomandibulares são muitas, cabendo ao cirurgião-dentista especialista em Disfunção Temporandibular o diagnóstico e o tratamento dessas enfermidades. Os sinais clássicos que o próprio paciente pode observar a fim de estabelecer se está frente um quadro de Disfunção Temporomandibular, são:

  • Ruído articular.
  • Limitação de movimentos mandibulares.
  • Dor articular ou muscular (músculo Mastigatório).
  • Dor de cabeça frequente (região temporal).

Implantes

São artefatos confeccionados em titânio e instalados cirurgicamente no osso e têm a função de imitar a raiz do dente que foi perdida. Durante a fase de planejamento de cada tratamento, faz-se a avaliação radiográfica dos dentes, buscando a melhor estabilidade para nossos trabalhos protéticos. Muitas vezes nos deparamos com dentes condenados, isto é, que não suportariam a carga de uma prótese sobre eles e, em alguns casos, com a ausência de alguns elementos dentais. Nesses casos, sugerimos a instalação de implantes dentários, para que tenhamos condições de proporcionar um novo sorriso ao paciente.

Próteses sobre implante

São artefatos protéticos usados para repor as coroas dos dentes perdidos, que vão presos ao implante. Esta prótese dental pode ser individual, substituindo apenas um dente, ou pode ser uma peça maior, substituindo vários dentes. Podemos também ter em alguns casos a substituição das próteses totais (dentaduras) por próteses do tipo Protocolo, que são Próteses Totais Presas a Implantes.

Próteses Dentárias

Quando fazemos um planejamento, muitas vezes sugerimos a reposição de um ou mais elementos dentários e lançamos mão de uma infinidade de soluções que a Prótese Dentária nos apresenta. As soluções podem ser fixa ou removível, unitária ou múltipla, sempre buscando a solução estética e funcional para o paciente. As próteses removíveis podem ser totais (dentaduras) ou parciais (com grampo de metal). As próteses fixas podem ser unitárias ou múltiplas, e visam a substituir a porção da coroa do dente. Existe hoje na odontologia uma gama imensa de materiais que tornam estes trabalhos cada vez mais estéticos, funcionais e duradouros.

Facetas de porcelana

As facetas de porcelana estão entre as próteses fixas mais procuradas no momento. São próteses confeccionadas em porcelana (cerâmica odontológica) e coladas na face vestibular dos dentes (parte da frente), com o objetivo de melhorar o aspecto estético dos dentes (forma, função e cor), buscando a harmonia e uniformização dos dentes e garantindo um sorriso belo e mais autoestima. Um dos diferenciais das facetas de porcelana é sua naturalidade. Outra característica que conta pontos a seu favor é que a porcelana é um material com resistência diferenciada, podendo exercer as funções de corte e mastigação de alimentos sem problema algum. As facetas de porcelana são ideais para garantir a boa aparência dos dentes, tornando o sorriso mais harmonioso e naturalmente belo. Esse tratamento estético é especificamente recomendado para pessoas que desejam corrigir:

• Manchas e cor desigual entre os dentes.

• Dentes desgastados, lascados ou fraturados, garantindo uma aparência uniforme e natural.

• Casos de diastema, ou seja, de lacunas entre os dentes, espaços que podem ser ampliados com a idade.

• Dentes irregulares por conta de problemas como o bruxismo.

• Dentes com muitas restaurações e com muitas alterações de cor.

Lentes de contato dentais

As lentes de contato dentais são na verdade Facetas de Porcelana Ultra Finas, com as mesmas indicações e vantagens. Sendo a espessura a única diferença entre elas, logo se entende que o desgaste dental é menor, preservando mais estruturas dentais saudáveis. As lentes de contato dentais são uma ótima opção para melhorar a estética dos seus dentes, tornando-os mais bonitos e harmoniosos.

Clareamento dental

A estética dental está em alta e deixar os dentes mais claros é o sonho de consumo de muitos brasileiros. Hoje o clareamento dental se popularizou, e não há mais motivo para ficar com aquele sorriso amarelo. O uso do gel clareador pode ser indicado tanto para um clareamento em casa (caseiro) como para aplicação em consultório. Neste caso existe uma diferença de concentração e no poder clareador do gel.

Restaurações estéticas

As restaurações estéticas são confeccionadas com um material chamado Resina Composta. Esse material tem capacidade de imitar a cor e a textura dos dentes naturais, deixando as restaurações mais harmônicas e estéticas. A versatilidade da resina composta vai desde a substituição de restaurações antigas e escuras de amálgama (restauração de prata) até fechamentos de espaços entre os dentes (diastemas).